DISE apreende mais de 100 pedras de crack em poder de adolescente

Dando prosseguimento ao trabalho que vem sendo desencadeado pela Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE), com o propósito de desbaratar “biqueiras” de tráfico de entorpecentes espalhadas por diferentes bairros da Cidade, foram tiradas de circulação 108 pedras de crack, embaladas em papel alumínio e prontas para a venda direta aos usuários, além de outras duas pedras brutas pesando 10 e 11 gramas, respectivamente, que dariam para fabricar mais 60 pedras.

A operação aconteceu na manhã desta sexta-feira (15) na Rua Casemiro Gomes Filho, região do Parque Marajoara, quando os investigadores em trabalho de campana detectaram que um adolescente de 17 anos, já bastante conhecido nos meios policiais, estava em situação de traficância. Este, quando percebeu que estava sendo observado, saiu correndo e conseguiu escapar do cerco, abandonando a droga.

Esse adolescente já havia sido preso pelos próprios policiais da DISE em setembro do ano passado e passou os últimos meses internado na Fundação do Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente (CASA). Assim que ganhou a liberdade voltou a praticar o tráfico e sua apreensão é uma questão de tempo.

“Já estamos encaminhando ? promotora e ao juiz da Vara da Infância e Juventude um pedido de custódia para que esse adolescente seja, novamente, internado”, disse o delegado Carlos Antônio Improta Julião Filho, destacando que o combate a outras “biqueiras” de tráfico terão continuidade e as operações continuarão a ser feitas. “Seguramente, outros flagrantes serão realizados”, previu.

Esta foi segunda apreensão seguida feita no Parque Marajoara. Na tarde de quinta-feira (14) um adolescente de 17 anos de idade, foi sindicado e enquadrado em crime de tráfico de entorpecentes, depois de ser flagrado tomando conta de uma “biqueira” na Rua Alexandrina Alves de Lima. Esse rapaz é da Cidade de Porto Seguro, na Bahia, e estava em Botucatu há um mês. Na apreensão foram apreendidas 37 pedras de crack e 31 porções de cocaína já embaladas e prontas para a venda.