DISE apreende cocaína bruta que dariam 10 mil porções

Fotos: Valéria Cuter

Depois de um trabalho investigativo minuciosamente elaborado os policiais da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE), realizaram na tarde desta quinta-feira (27) flagrante tráfico de entorpecentes e associação ao tráfico, onde três pessoas foram presas e recolhidas ? Cadeia Pública de Itatinga, permanecendo ? disposição da Justiça.

Os policiais tinham conhecimento de que a droga chegaria de Bauru e fizeram campana nas entradas da Cidade, passando a observar os carros que chegavam, já que tinham em mãos a descrição dos veículos que seriam usados. Quando passou um Chevrolet Captiva, com placas JRW-1619, de Bauru, eles passaram a seguir o veículo mantendo uma distância prudente para não despertar suspeitas, pois pretendiam chegar ao comprador da droga em Botucatu.

Na Avenida Dante Delmanto, região da Vila Paulista, um Fiat Uno, placas EDH-9515, também de Bauru emparelhou com o Captiva e seus ocupantes começaram a dialogar. Temendo perder o flagrante em razão do tráfego de veículos, os policiais fizeram a abordagem e deram voz de prisão aos ocupantes dos carros. Na revista interna apreenderam três tabletes de cocaína pesando um quilo cada um escondidos embaixo do tapete do Fiat Uno, que era conduzido por Richard Ricardo Rodrigues, de 23 anos, que segundo a polícia era usado como “mula” (transportador da droga) do tráfico.

No veículo Captiva estavam Elton Carlos Basílio, de 31 anos, que seria o proprietário da droga, levando como passageiro Thiago P. que é jogador de futebol na Inglaterra e está passando férias no Brasil. Com os três quilos de cocaína seriam fabricados cerca de 10 mil pinos que seriam vendidos no carnaval. Também foram apreendidos quatro telefones celulares, uma porção de cocaína, pesando 1,5 gramas e R$ 1.985,00 em dinheiro.

O delegado Paulo Buchignani que esteve no comando da operação que contou com todos os policiais da DISE realçou que Elton Basílio é o homem que abastece 50% dos pontos de tráfico da Cidade. “Há tempos que estávamos preparando esse flagrante e o trabalho investigativo nos levou ao Elton. Preparamos a operação e conseguimos ter sucesso, mas o trabalho não para, pois estamos no encalço da pessoa que iria receber essa droga para distribuir nos pontos de tráfico”, colocou Buchignani. O inquérito policial será presidido pelo delegado Carlos Antônio Improta Julião Filho.