DIG procura um “trombadão” que agiu na Vila Maria

A Polícia Civil de Botucatu, através da Delegacia de Investigações Gerais, quem tem como delegado adjunto Geraldo Franco Pires (foto) está empenhada para identificar e prender um “trombadão” que assaltou a industriária Ivonete Pires, na região da Vila Maria, na manhã desta terça-feira. Pela maneira de agir, esse mesmo cidadão é suspeito de ser o responsável por outros crimes semelhantes na cidade.

Consta que a mulher saiu de sua casa no Jardim Peabiru e quando estava caminhando no cruzamento das Ruas Frederico Petry e Henrique Reis, indo a um ponto de ônibus foi agarrada, por trás, por um desconhecido que anunciou o assalto, mantendo uma das mãos embaixo da camisa, simulando estar com uma arma na cintura (faca ou revólver). O marginal usando violência física subtraiu a bolsa da mulher e fugiu.

A Polícia Militar (PM) acionada e após realizar patrulhamento pelas imediações do crime localizaram a bolsa da vítima jogada em um quintal na Rua Frederico Petry, sem o telefone celular. O caso foi registrado no Plantão Permanente e encaminhado ao setor investigativo.