DIG investiga atropelamento com morte no Rio Bonito

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Botucatu está buscando informações para elucidar a um caso de atropelamento com vítima fatal ocorrido ? s margens da rodovia vicinal Gentil Lourenço, principal via de acesso ao Rio Bonito Campo e Náutica, que nestes últimos dias recebeu milhares de pessoas vindas de diferentes cidades do interior paulista para as festividades de final de ano.

A Polícia Militar, através do cabo Silas e soldado Luís, foi informada por um morador do local (M.J.O. de 48 anos) que passava pelo local a pé e percebeu que um homem identificado, posteriormente, como Nelson Carolino, de 67 anos, caseiro de uma chácara, foi encontrado morto em uma via de um condomínio, na noite do dia 31. Pelos ferimentos encontrados em seu corpo a hipótese mais provável é que tenha sido atropelado por um veículo e seu condutor teria fugido sem prestar socorro.

O delegado Geraldo Franco Pires (foto) que confeccionou o Boletim de Ocorrência (BO) realça que a equipe do setor investigativo está colhendo dados que possam identificar o crime e numa primeira fase busca detectar junto a testemunhas para saber onde e com quem esteve a vítima nos momentos que antecederam o crime. Também compareceu ao local a equipe da Polícia Técnica e Científica para o laudo pericial.