DIG identifica a dupla que assaltou lanchonete

Está confirmado! Diego Henrique de Faria e Carlos Eduardo Manuel, de 23 e 25 anos respectivamente, são os autores do assalto ? mão armada ocorrido na primeira hora da madrugada da última terça-feira (15) contra a Lanchonete Lira, que fica em frente a Praça Isaltino Pereira, no Jardim Paraíso. A identificação da dupla foi feita através de um trabalho dos policiais civis da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) Marcos, Vitor, Virgílio, Caio e Afonso, com os delegados Geraldo Franco Pires e Celso Olindo.

Na ocasião do crime, os meliantes adentraram ao local e pediram uma cerveja e uma coca-cola ao proprietário do estabelecimento comercial chamado Emilson Lira, de 61 anos. Minutos depois, simulando estarem armados, os ladrões anunciaram o assalto, apanhando R$ 900,00 que estavam no caixa.

Entretanto, quando os marginais estavam indo embora, o proprietário da lanchonete apanhou uma cadeira e a arremessou contra os marginais atingindo um deles na região da cabeça. Assustados com a reação repentina da vítima os marginais fugiram correndo a pé, abandonando na rua uma motocicleta Suzuki, dois capacetes e blusas. Foi com esse veículo que a dupla havia chegado até a lanchonete. Durante a fuga Diego Faria deixou cair sua Carteira de Identidade (RG) e foi reconhecido através da foto, como um dos assaltantes. Ele está foragido com a prisão temporária decretada.

Prosseguindo a investigação os policiais da DIG, num trabalho realizado na tarde/noite desta sexta-feira (19), na região da Vila Mariana, chegaram ao outro criminoso (Carlos Manuel), numa abordagem feita a um trailler na Rua Raul Torres quando detiveram um cidadão chamado Danilo Mendes, que tem deficiência na dicção e audição (surdo/mudo), com quatro pedras de crack. A droga, segundo ele, teria sido comprada de Carlos Manuel.

Juntando as peças da investigação como a um quebra-cabeças, os policiais civis descobriram que esse cidadão apontado pelo deficiente também havia praticado o roubo contra a lanchonete no Jardim Paraíso, sendo reconhecido pela vítima e poderá ser enquadrado em dois crimes: roubo e tráfico de entorpecentes.

“Podemos dizer que o assalto no Jardim Paraíso está esclarecido e os autores deverão ser presos nas próximas horas. O Diego (Henrique de Faria) está foragido e com a prisão decretada. Já o Carlos (Eduardo Manoel) deverá ter a prisão pedida nas próximas horas”, explicou o policial Marcos.