DIG está no encalço de ladrões que assaltaram mulheres

“Temos as características e maneira de agir dos criminosos e acredito que nas próximas horas poderemos ter novidades”. Foi o comentário do delegado titular de Delegacia de Investigações Gerais (DIG), Celso Olindo, sobre a identificação de dois criminosos que na tarde do último dia 10 (sexta-feira) invadiram uma residência na Rua Orlando Gamito, na Vila Cidade Jardim. A ocorrência foi atendida pelos soldados Barbosa e Rosa.

Segundo o construtor Arnaldo Pinson, que reside no local, mas estava ausente no momento do crime, os ladrões invadiram a residência onde estava sua esposa Cibele e sua filha adolescente. Um deles (moreno), armado de um revólver anunciou o assalto perguntando pelo dinheiro. Eles alegaram que tinham conhecimento de que havia dinheiro na casa, pois era dia de pagamento.

Como os marginais encontraram apenas cheques, os indivíduos trancaram mãe e filha no quarto e passaram a vasculhar a casa onde encontraram um porta-jóias, três relógios de pulso e um par de tênis. Depois de concretizar o crime os assaltantes evadiram-se a pé e não foi precisado o valor dos bens subtraídos.

Os policiais militares Barbosa e Rosa realizaram buscas pelas imediações do crime, mas os ladrões não foram localizados e o Boletim de Ocorrência (BO) foi confeccionado pelo delegado da DIG, que já tem os suspeitos do crime e estão sendo procurados. Os nomes não foram revelados para que o trabalho investigativo não seja comprometido.