DIG encontra três foragidos da “saidinha” de Páscoa

Fotos: Luiz Fernando

Em trabalho de diligência de rotina, os policiais especializados Vitor, Paulinho, Caio e Afonso da equipe da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) realizaram uma ação que teve desfecho final incomum. Num só local localizaram três homens que estavam sendo procurados por não terem retornado da saída temporária (saidinha) de Páscoa.

“Pela nossa experiência percebemos que eles se mostraram temerosos com nossa presença levantando suspeitas. Todos foram trazidos ? delegacia para uma averiguação mais apurada e ao levantarmos os antecedentes criminais, constatamos que três dos quatro averiguados estavam procurados”, conta Vitor.

São eles: Marcelo de Souza, o “Cabelo”, de 29 anos, do presídio de Jaú; Osvaldo Aparecido Ribeiro, o “Buda”, de 27 anos, da Colônia Penal Agrícola, de Bauru, e um adolescente de 17 anos, da Fundação do Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente (CASA), de Bauru. Os três ganharam o benefício da saída temporária, mas não retornaram no dia e horário determinados pela direção dos respectivos estabelecimentos prisionais.

Os dois adultos cumprem pena por prática de furtos e roubos. “Não estava aguentando mais aquele lugar (colônia penal), porque já paguei sete anos de cadeia. Ganhei o benefício da saidinha, mas resolvi não voltar, sabendo que a qualquer momento seria preso”, disse Buda. “Tenho uma filha de colo com sete meses e que quis ficar mais um tempo com minha família. Fiquei até onde deu” emendou Cabelo. Já o adolescente foi apreendido duas vezes por crime de tráfico de entorpecentes.