DIG elucida casos de furtos contra comerciantes

Os policiais Civis Marcos Franco e Vitor, da equipe especializada em esclarecimentos de furtos e roubos da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), realizaram uma operação que resultou no esclarecimento de crimes na cidade, praticados por um rapaz chamado Marcos Roberto Aparecido da Silva, de 22 anos de idade.

Esse indiciado estava recolhido ? Cadeia Pública local por ter sido preso em flagrante delito em razão de prática de furto em um magazine especializado em vestuário na Rua Amando de Barroso, principal corredor do comércio botucatuense.

Com autorização judicial os policiais puderam tirar Marcos Silva da cadeia para ser ouvido e detectaram que era autor de outro furto cometido em uma lanchonete nas imediações do Ginásio Municipal de Esportes “Dr. Mário Covas Júnior”, região da Vila Auxiliadora. Com as evidências, o acusado acabou por confessar sua participação no delito.

“A maneira de agir nos dois locais foram muito semelhantes e, por isso, suspeitamos de que além do furto ao magazine na Rua Amando, esse cidadão também havia praticado o crime contra a lanchonete”, colocou Marcos Franco. “E não está descartada a possibilidade de que ele possa ser reconhecido por outras vítimas como autor de furtos”, emendou Franco.

O policial Vitor enfoca que num trabalho investigativo é importante detalhar a maneira de ação do criminoso, pois ele sempre acaba deixando pistas da sua ação. “É como montar um quebra-cabeça. Nós vamos, gradativamente, montando as peças até chegarmos ? elucidação do crime”, explicou Vitor.