DIG e GCM apreendem 480 gramas de crack e 82 de cocaína

Foram 480 gramas de crack que poderiam se transformar em 1.440 pedras e 82 gramas de pasta base de cocaína que dariam para “encher” 492 pinos (blisters), uma balança de precisão, dois telefones celulares, R$ 128,00 e mais 296 pinos vazios. Foi este o resultado de uma operação desencadeada em conjunto pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e Guarda Civil Municipal (GCM), na tarde desta segunda-feira (30).

Os policiais e agentes estavam cumprindo um mandado de busca e apreensão na Rua Rafael Sampaio, região da Boa Vista, onde havia denúncia de que no local estava havendo contrabando de armas e quando invadiram a casa encontraram os irmãos Jackson Alves Pereira (23) e Jeferson Alves Pereira (27).

Surpreendidos e sem terem tempo de tentar uma fuga, eles negaram estar com armas na casa, entretanto, na revista feita na residência foi encontrada toda a droga escondida em uma bolsa, dentro de um guarda-roupa antigo.

Os dois irmãos receberam voz de prisão e foram encaminhados ? Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) e indiciados em flagrante de crime de tráfico de entorpecentes pelo delegado Carlos Antônio Improta Julião Filho e recolhidos ? Cadeia Pública local. Os dois foram assistidos pelos advogados criminalistas Vitor Deleo e Everaldo Cecílio.

“Na verdade fomos até aquela casa onde moram os dois irmãos Pereira com o intuito de apreender armas, já que haviam denúncias neste sentido, mas acabamos encontrando essa grande quantidade de droga. Vasculhamos a casa, mas nenhuma arma foi encontrada”, comentou o agente Trombaco.

{n}Fotos: Jornal Acontece Botucatu