Diarista de 47 anos é presa por crime de tráfico

Uma mulher de 47 anos de idade que trabalha como diarista, foi presa numa ação dos policiais militares tenente Newton e cabos Doriguel e Destro na Rua Ângelo Covre, na Vila Cidade Jardim, depois de uma denúncia anônima formulada por populares ao Comando Operacional (Copom), pelo telefone 190, revelando que numa determinada casa ocorrida a entrada e saída constante de pessoas que iram ao local comprar droga.

Chegando ao local os policiais perceberam que um cidadão estava saindo da casa e fizeram a abordagem. Com ele havia uma pedra de crack.   No interior da residência deram voz de prisão a mulher  chamada Sueli  e a dois rapazes  (Murilo B.S. e Alan R.M.).  No quarto foi localizado embaixo de um monte de roupas, 09 porções de maconha, uma balança de precisão digital, um tablet e três telefones celulares.

Sobre a droga a mulher alegou que era para seu próprio consumo. Os três acusados foram conduzidos  à 1ª Central de Polícia Judiciária onde prestaram depoimento ao delegado Marcelo Lanhoso de Lima. A diarista acabou enquadrada em crime de tráfico de entorpecente e os dois rapazes indiciados por associação ao tráfico.