DDM prende jardineiro autor de estupro na Cohab I

Fotos: Valéria Cuter

A equipe investigativa da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) comandada pela delegada Simone Tuono efetuou a prisão de um cidadão que na semana passada, por volta das 23 horas, foi autor de um crime de estupro cometido contra uma garota de 21 anos, na Avenida Mário Barbiéris, região da Cohab I. O nome do acusado é Fabiano Santos Camargo, de 34 anos de idade, que foi preso na manhã de hoje em um sítio nas proximidades da Cohab I, onde trabalhava com jardineiro.

“Após tomarmos conhecimento do crime nossa equipe se empenhou em buscar a identificação do criminoso ouvindo testemunhas e seguindo pistas chegamos ao Fabiano que foi reconhecido pela vítima. Ao ser questionado confessou o crime com riqueza de detalhes, desde o momento em que agarrou a vítima pelos cabelos e a arrastou até um matagal e a obrigou a fazer sexo oral antes de consumar a conjunção carnal sem usar preservativo. Antes de ir embora ainda ficou conversando com a vítima por alguns minutos”, relata Simone Tuono.

Na delegacia Fabiano Camargo disse que se arrependeu de ter cometido o crime e se pudesse voltar atrás não faria novamente. “Não sei o que me deu. Nunca tive problema com a polícia. Eu estava com minha bicicleta quando vi a moça caminhando, gostei dela, agarrei, levei para o mato e abusei. Estava com tanto medo que não cheguei ao fim (orgasmo). Não sei o que vai acontecer comigo, mas quero pagar por isso”, disse o acusado.

Esse cidadão, segundo apurou o policial civil Edir, também teria assediado sexualmente sua própria irmã e relevado isso para sua vítima de estupro. Ela confirmou essa versão, mas ele negou o fato. ”Isso não é verdade. Não vou falar coisas que não fiz. O que eu fiz está feito e eu já falei que não tem jeito de voltar atrás”, assegurou o indiciado antes de ser recolhido ? Cadeia Pública de Itatinga.