DDM investiga estupro contra menina de 11 anos

Acusado acabou liberado já que não houve flagrante e o crime teria sido cometido na semana passada e só agora a menina decidiu revelar o abuso à sua mãe

A equipe  especializada da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Botucatu, com as delegadas Simone Firmino Tuono e Rose Mary Ribeiro Dias,  está investigando a uma denúncia de estupro de vulnerável, que teria sido cometido contra uma adolescente de 11 anos de idade na região do Cohab VI.  Por razões óbvias o nome do acusado, que seria parente da vítima, será mantido em sigilo até que o caso seja esclarecido.

O caso foi atendido pela Polícia Militar (PM) e registrado no Plantão Permanente da Polícia Civil e o acusado nega ter cometido o crime. Ele compareceu na delegacia, prestou seu depoimento e acabou liberado, já que não houve flagrante, uma vez que o crime foi cometido na semana passada e só agora a menina decidiu revelar o abuso à sua mãe.

Dados contidos no Boletim de Ocorrência (BO) revelam que a mãe da menina descobriu que a filha sofreu abuso na casa de um parente da família. Segundo ela, a filha relatou que foi até a casa do acusado e este teria tirado o seu vestido, passou a acariciar suas partes íntimas e pediu que ela fizesse o mesmo com ele. O inquérito policial foi aberto para que as investigações sejam  desenvolvidas.