Curso afasta capitão Semensati do comando da 1ª CIA

Na solenidade de entrada do policial do ano promovida pelo comando do 12º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM-), de Botucatu, realizado nesta terça-feira (5), um momento marcante foi quando o comandante da 1ª Cia da PM, capitão José Semensati Júnior, foi homenageado pelos seus comandados. Ele deixa o comando da PM para fazer curso para major em São Paulo, a partir da semana que vem. A capitão Kátia Regina Christófalo, chefe do Setor de Relações Públicas, leu a mensagem:

“Caro amigo Semensati. Isso não faz parte do que combinamos, mas não poderia deixar de atender a um pedido dos seus policiais militares, homens e mulheres que fazem acontecer em nossa cidade que veem em você um verdadeiro líder. Essa homenagem é fruto do seu trabalho, da dedicação, do profissionalismo e, principalmente, do respeito dispensado a cada policial militar da 1ª CIA, pois “ dizeis que a arvore é boa pelo fruto bom que ela dá”.

O comandante da 1ª Cia se destacou nos últimos anos em Botucatu no cumprimento de seu trabalho coordenando as mais variadas operações. Foi através do trabalho da PM desempenhado, conjuntamente, com a Polícia Civil e Guarda Civil Municipal (GCM) que a Cidade de Botucatu passou a ser considerada uma das mais seguras do Estado de São Paulo. Semensati recebeu das mãos do soldado Doriguel, um televisor de 32 polegadas e um diploma de “Honra ao Mérito”.

Semensati revelou que pretende voltar a trabalhar em Botucatu. “Estou indo para São Paulo, mas não descarto a possibilidade de retornar um dia. Não posso deixar de agradecer a todos os policiais que fazem parte da 1ª Companhia e que estiveram comigo nesses anos. Um comando só rende frutos se houver sincronismo entre comandantes e comandados e isso foi o ponto forte da minha estadia frente a 1ª Companhia”, destacou.

Ele complementa: “Também não posso deixar de agradecer ao comando do 12º BPM-I e toda comunidade botucatuense, autoridades constituídas e instituições, de uma maneira geral, pois ninguém faz nada sozinho. Não vou citar nomes para não cometer a injustiça de esquecer alguém. Agradeço a todos, sem exceção”, emendou.

Fotos: Valéria Cuter