Condenado é capturado no Camin na Vila Ema pela GCM

Os agentes da Guarda Civil Municipal (GCM), Lazarini e Vaz foram acionados pelas assistentes sociais do Centro de Atendimento ao Migrante Itinerante e Mendicância do Município (CAMIM), instalado na Avenida Paula Vieira, na Vila Ema, para averiguar um indivíduo que agia de forma suspeita.

No local os guardas puderam constatar que esse indivíduo de nome Donizete Aparecido Braulino, de 26 anos de idade estava sendo procurado pela Justiça de Minas Gerais, por prática de roubo ? mão armada.

Braulino foi conduzido ? Delegacia de Investigações Gerais (DIG), onde depois de cumpridas as formalidades, foi encaminhado até a Cadeia Pública de Botucatu e deverá ser escoltado até Minas Gerais, nos próximos dias.

{n}Parceria {/n}

Encontro pessoas procuradas pela Justiça no Camin acontece com relativa frequência pela GCM, já que é realizado um trabalho de identificação das pessoas que procuram o local que tem na coordenação geral a assistente social Irani Branco Lourenço.

Segundo ela, pessoas diferentes regiões do País são atendidas trazendo os mais variados problemas. Como não têm recursos são assistidas por um ou dois dias e depois vão embora. E, conforme o caso são fornecidas passagens para que cheguem aos locais de origem. Algumas pessoas, porém, têm pendências com a Justiça.

“Em razão disso temos uma parceria com a Guarda Municipal que sempre está pronta para nos atender. São eles que fazem o rastreamento das pessoas e aquelas que estão sendo procuradas acabam encaminhadas ? delegacia para que as providências sejam tomadas”, disse Irani Branco. “Também é a Guarda que nos auxilia muito com a retirada de pessoas das ruas e que precisam de assistência”, complementa a assistente social.