Colisão frontal na SP-255 causa a morte de três pessoas

Um grave acidente de trânsito, que resultou em seis vítimas graves e três fatais foi registrado pela Polícia Militar Rodoviária no km 227 (mais 500 metros), sentido Sul, da SP-255 Rodovia João Melão, Município de Botucatu. O acidente aconteceu ? s 22 horas desta sexta-feira (15), em local com pista simples, seca e sem curva.

No local houve uma colisão frontal envolvendo o veículo GM Corsa, modelo Milenium, placas GZT-3792, de Barra Bonita/SP conduzido por Galtier André Salomão (20), que bateu, frontalmente, contra o Fiat Uno, placas DDT-6094, de Taboão da Serra/SP, conduzido por Jorge Diego Simões da Costa (21). Ambos os motoristas e demais vítimas graves foram atendidas no Hospital Municipal de São Manuel, Hospital Municipal de Avaré e Unesp de Botucatu.

Segundo vestígios e posições dos veículos, o veículo Corsa seguia sentido sul e ao atingir o citado quilômetro efetuou uma manobra de ultrapassagem, invadindo a faixa contrária, momento em que o veículo Uno, que seguia em sentido contrário, para evitar a colisão efetuou uma manobra para o acostamento, sendo que o condutor do Corsa também manobrou para o mesmo local, colidindo assim frontalmente no acostamento da mão de direção do Fiat Uno.

No veículo Fiat Uno se encontravam três pessoas que sofreram ferimentos graves. No Corsa estavam seis pessoas. Três tiveram ferimentos graves e três morreram no local do acidente.

Foram internadas em estado grave: Viviane Salomão (21), Elen Cristina Salomão (16), Galtier André Salomão (20), Jorge Diego da Costa (21), André Gustavo (36) e Alan Murilo Abreu (10). Perderam a vida neste acidente: Natan Júnior Dias Oliveira (18), Janaina Cristina Olímpio (20) e Miriam D. L. da Silva (14).

As vítimas foram socorridas pela equipe de resgate do Corpo de Bombeiros e as causas do acidente estão sendo periciadas pela Polícia Técnica Científica que esteve no local. A ocorrência foi encaminhada ao Plantão Permanente de Botucatu onde o delegado de plantão Paulo Fábio Buchignani elaborou o Boletim de Ocorrência.

{n}Passageiro de caminhão morre em acidente na SP-280{/n}
Outro acidente com vítima fatal registrado pela Polícia Militar Rodoviária nas últimas horas aconteceu na madrugada deste sábado no km 195 da SP-280 Rodovia Presidente Castello Branco, envolvendo dois caminhões.
De acordo com o relatório policial um caminhão VW placas, AOP-1326, conduzido pelo motorista Edilson Mário Colnago (40), levando como passageiros, o ajudante Cláudio Marques de Souza (34), trafegava pela citada rodovia quando, por motivos ainda não esclarecidos veio a bater contra a traseira do caminhão Mercedes Benz 1313, placas COI-9621, de Santo André. Na direção do MB estava Reginaldo da Silva (29).
Com o impacto da colisão o passageiro do VW Cláudio Marques de Souza teria ficado preso nas ferragens da boléia vindo a falecer. Os dois motoristas foram atendidos no local do acidente e não correm risco de morte.

{n}Sete mortes em menos de 48 horas nas rodovias{/n}

Com essas quatro mortes registradas nas últimas horas nas rodovias João Mellão e Castelo Branco, chegou-se a oito casos de vítimas fatais em acidentes nas estradas que circundam o Município, em menos de 48 horas.

Na madrugada de quinta-feira, por volta das 4 horas, um casal que trafegava em uma motocicleta Honda modelo CBX 250cc, placa BYK-1866, de Botucatu, teve morte instantânea ao atingir o km 20 da Rodovia João Hipólito Martins – Castelinho. Esse veículo estava sendo conduzido por Alessandro de Araújo da Silva (23), que levava como passageira Fabiana Amélia Rizzo (25). Ambos morreram.

O condutor da motocicleta ao atingir o citado quilômetro perdeu o controle de direção do veículo e veio a chocar-se, violentamente, contra a traseira de um caminhão da Concessionária Rodovias Tietê, placas EJZ-5302, de Tatuí, que naquele momento estava atendendo um caminhão que havia tombado na pista. O condutor do veículo da concessionária era André Barbosa Pires.

Na sexta-feira, outro acidente que acarretou mais uma vítima fatal foi registrado no km 236 da Rodovia Marechal Rondon, pista leste, em um trecho de declive na Serra de Botucatu. A vítima fatal foi o motorista Carlos Alberto Lyra, de 44 anos, da cidade de Jales-SP, que conduzia o caminhão Mercedes Benz, modelo L-2014, placas GLD-9507, de Santa Fé do Sul (SP), com um carregamento de farinha de osso.

Por motivos que ainda não foram esclarecidos, Lyra trafegava com o caminhão sentido Botucatu/Anhembi, quando veio a perder o controle da direção do veículo de carga e capotou na pista. Preso nas ferragens da boléia do caminhão, o motorista teve morte instantânea.