Cobra jibóia é capturada no Jardim Continental

Os agentes Carlos e Amâncio do Grupo de Proteção ambiental (GPA), da Guarda Civil Municipal (GCM), apoiados pelo inspetor Barcaça e guarda Leite realizaram a captura de uma serpente da espécie jibóia de mais de 2 metros de comprimento na região do Jardim continental.

Uma moradora localizou a serpente em seu quintal quando estranhou seus cachorros latindo sem parar e ao sair percebeu quando a serpente tentou atacar um de seus cães, como a moradora tem duas crianças sendo uma de 4 anos e outra de 4 meses acionou a GCM que compareceu e capturou o animal.

A cobra que, possivelmente, escapou de algum criador clandestino, foi encaminhado ao (Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Selvagens (Cempas) da Unesp e após examinada poderá passar por um processo de reabilitação para ser devolvida a seu habitat natural.

Essa espécie de cobra é muito dócil, apesar de ter fama perigosa, não é peçonhenta e não consegue comer animais de grande porte, sendo inofensiva. É muito perseguido por caçadores e traficantes de animais, pois tem um valor comercial alto, como animal de estimação.