Cidadão em surto psicótico espanca criança de 7 anos

Um caso de violência doméstica está sendo  investigado pela  Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) tendo como vítima uma criança de 7 anos de idade, que sofreu agressão física praticado por um cidadão de 25 anos de idade. Ocorrência foi atendida pelos policiais militares Oliveira e Luis Alberto, sendo necessário o uso de força física para conter o cidadão que estava em surto psicótico e totalmente descontrolado. Como ele é considerado doente seu nome será preservado.

Tudo começou quando um morador com sua filha de 3 anos estava passando em frente a casa desse cidadão na Rua Batista Pezavento,  no Residencial Caimã,  em Rubião Júnior,  e percebeu que ele  estava alterado destruindo  os móveis da casa. Ao se perceber observado o rapaz passou proferir palavras de baixo calão, apanhou um pedaço de madeira e partiu para cima do morador que correu com a filha pequena nos braços.

Quando os policiais chegaram ao local o rapaz ainda muito alterado, estava agredindo uma criança de 7 anos. Essa criança não tem nenhum grau de parentesco com o agressor e estava na casa porque sua esposa cuida dela como babá.  A criança foi agredida quando dormia. Aos policiais a mulher relatou que o agressor é dependente químico e  havia consumido maconha, cocaína e bebida alcoólica.

O rapaz foi conduzido ao Plantão Permanente da Polícia Civil onde foi  indiciado em crime de violência doméstica, antes de ser recolhido à Cadeia Pública de Itatinga.  O inquérito policial deverá ser aberto na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) e ele poderá ser enquadrado na Lei  Maria da Penha.