Cidadão de alta periculosidade é capturado no Camim

Da Silva e Luchesi foram os agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) que realizaram a prisão de um cidadão de 49 anos de idade, chamado Elizeu Pereira, considerado de alta periculosidade com quatro mandados de prisão a cumprir expedido pela justiça do Paraná, onde se incluem uma condenação de 4 anos, 5 meses e 10 dias por crime de homicídio (artigo 121);  furto (155) e duas lesões corporais (129), com pena de 2 anos, 5 meses e 10 dias a cumprir.

A ação teve início quando os agentes em fiscalização de rotina pelo Centro de Atendimento ao Migrante Itinerante e Mendicância (Camim), na Rua Capitão Tito, Vila Jau, pediram a documentação de Pereira que se mostrou incomodado com a presença dos guardas na instituição onde havia se instalado horas antes. Ele acabou confessando que tinha pendências com a justiça do Estado do Paraná.

Na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) o policial civil Adilson fez um levantamento completo da ficha criminal do averiguado, através de consulta junto a Divisão de Capturas do Estado do Paraná e detectou que ele tinha diversos mandados de prisão a cumprir. Depois de prestar depoimento ao delegado Celso Olindo foi recolhido à Cadeia Pública de Itatinga para que, nas próximas horas, seja escoltado até o Paraná.