Cidadão acaba preso por burlar a Lei Maria da Penha

A Força Tática da Polícia Militar (PM) com o sargento Domingos, cabo Gonzaga e soldado Tuono efetuaram a prisão de um cidadão de 45 anos de idade, que foi enquadrado na Lei Maria da Penha e estava proibido de chegar perto de sua ex-mulher, que tinha contra ele uma medida protetiva decretada pela Justiça.

Segundo aponta o Boletim de Ocorrência (BO), o acusado foi até a casa da vítima na Rua Adolfo Lutz, na Vila Santa Terezinha e passou a ofendê-la com palavras de baixo calão e proferir ameaças. Com a chegada da Polícia Militar foi  verificado, via Empresa de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp), que ele tinha pendências judiciais em aberto.

O acusado recebeu voz de prisão e foi conduzido ao Plantão Permanente onde prestou depoimento ao delegado Marcelino Aparecido Ferreira, que  determinou seu recolhimento à Cadeia Pública de Itatinga, onde permanece.