Ciclista morre atropelado na Rodovia Gastão Dal Farra

Antônio Bento Barbosa, de 39 anos de idade, perdeu a vida em um acidente registrado pela Polícia Militar Rodoviária, na noite deste domingo, por volta das 21 horas, no km 7 da Rodovia Gastão Dal Farra, região do Jardim Aeroporto. Ele estava conduzindo sua bicicleta quando foi atropelado por um veículo Ford Fiesta Sedan, com placas de Botucatu.

Consta no relatório policial que o condutor do Fiat, professor Antônio Aparecido, trafegava pela citada via, sentido Botucatu/Demétria e não percebeu Barbosa que conduzia a bicicleta, no mesmo sentido, em um local de pouca luminosidade e sem acostamento. Com o impacto da colisão o ciclista foi arremessado, violentamente, contra o asfalto há vários metros de distância, tendo morte instantânea.

A Polícia Técnica Científica também esteve no local para coletar dados sobre o acidente, que ceifou a vida de Antônio Barbosa. O delegado Antenor de Jesus Zeque, titular do 3º Distrito Policial (DP), abriu o inquérito policial, para apurar as causas que originaram esse acidente.

{n}Pedido de ciclovia{/n}

Vale lembrar que existe um requerimento (nº 092/2011) apresentado e aprovado na Câmara Municipal de Botucatu solicitando ? Concessionária Rodovias do Tietê a possibilidade de implantação de uma ciclovia ao longo da Rodovia Gastão Dal Farra.

De acordo com os autores da propositura, vereadores Curumim (PSDB) e Xê (PSDB), o intuito é garantir o deslocamento seguro de ciclistas pela via que, serve de acesso a diversas e importantes entidades, empresas, instituições de ensino, bairros e conjuntos habitacionais do Município.

Segundo os parlamentares, a região, que já possui grande número de habitantes, irá aumentar em pouco tempo e necessitará do equipamento rapidamente. “Se levarmos em consideração a implantação do Conjunto Habitacional “Santa Maria 1”, que conta com 407 unidades habitacionais construídas através do projeto “Minha Casa, Minha Vida, serão cerca de 1.500 pessoas a mais transitando pela região”, salientam. A concessionária ainda não respondeu ao requerimento apresentado pelos parlamentares tucanos.

{n}Manifestação popular{/n}

Uma mobilização popular organizado pela ‘Associação de Agentes de desenvolvimento Local do Parque Residencial 24 de Maio e Região’, Associação de Moradores da Demétria’ e ‘Rede social Tear’, com apoio da Câmara e Prefeitura de Botucatu, foi realizada com o objetivo de fazer melhorias naquela via.

Porém, o investimento da rodovia é um assunto complicado porque ela não é administrada pelo Município, que mesmo assim fez a iluminação em boa parte da estrada. Parte da Gastão Dal Farra é administrada pela Concessionária Rodovias do Tietê e a outra parte pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) – órgão vinculado ao Governo do Estado de São Paulo. Os moradores realizaram esta movimentação popular, pois entendem que é a melhor maneira de chamar a atenção para o problema e conseguir melhorias na via.

Entre as reivindicações da população estão: implantação de acostamento ao longo de toda a rodovia; rotatórias nas áreas de acesso aos bairros; sinalização adequada com faixas para travessia de pedestres; redutores de velocidade com radares instalados desde a saída da Cidade até a Colônia Santa Marina; pontos de ônibus cobertor na entrada dos bairros e ciclovia até o Bairro Demétria.