Choque realiza treinamento para agir em operações de risco

Fotos: Valéria Cuter

Os sargentos Leonardo. Francisco, Doni e Laudo, do 12º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM-I), ministraram treinamento aos policiais que fazem parte do Pelotão de Choque, onde se incluem a Força Tática, Rondas Ostensivas Com Auxílio de Motocicleta (ROCAM) e Canil, para agir em ações de risco nos 13 Municípios que fazem parte da área de comando de Botucatu.

A Tropa de Choque é considerada a elite treinada da PM que tem entre suas principais atribuições atuar no Controle de Distúrbios Civis (CDC), como manifestações populares e tumulto; invasão de presídios; calamidade pública; manuseio de armas químicas como bombas de efeito moral, gás, granada e bala de borracha; desativação de bombas; reintegração de posse; confronto armado, entre outras.

De acordo com o sargento Leonardo esse treinamento periódico foi realizado em área da Associação Desportiva da Polícia Militar (ADPM), visando o aperfeiçoamento dos policiais para ações a serem desenvolvidas nas mais variadas situações quando a equipe é acionada para agir.

“Durante o treinamento executamos simulações de ações diversas com viaturas, motos e a pé, usando ao mais variados tipos de equipamentos ”, explica o oficial da PM. “Embora seja um treinamento, procuramos chegar o mais próximo possível de uma situação real”, acrescenta.