Casal escapa da morte em trevo da Marechal Rondon

No início da noite deste domingo a Polícia Militar Rodoviária atendeu a um capotamento ocorrido na alça do trevo de acesso da Rodovia Marechal Rondon, saída da Rodovia Domingos Sartori. No local também estiveram os socorristas da Concessionária Rodovias Tietê, Rodolfo e Leide.

Consta que o pedreiro Moisés Lisboa de Oliveira, de 39 anos, trafegava com sua perua Parati, placas BIY-3961, de Botucatu pela rodovia Domingos Sartori e ao fazer a curva do trevo para atingir a Rondon, perdeu o controle da direção do veículo que veio a capotar. Além do condutor, estava no carro sua esposa Pedrone Aparecida, de 45 anos.

Segundo o motorista, uma da rodas do carro se soltou e ele não conseguiu evitar a batida na grade de proteção (guard rail) da pista e o carro foi jogado do outro lado da pista em uma área descampada. O capotamento foi presenciado por testemunhas que trafegavam pelo local e por pouco não se envolveram no acidente.

“Felizmente foi só um susto. Eu vinha em velocidade moderada, quando perdi uma das rodas. O carro começou a fazer um “zig-zag” na pista, bateu na grade e capotou do outro lado. Não deu para fazer nada”, conta Oliveira. “Meu maior problema agora vai ser pagar o conserto do carro que uso para trabalhar”, acrescentou o pedreiro.

Mesmo não tendo ferimentos aparentes pelo corpo, os socorristas fizeram com que o casal passasse por uma avaliação. “É um procedimento comum fazer uma pré-avaliação para detectar se é necessário fazer o encaminhamento ao hospital. No caso desse casal, está tudo normal”, avaliou Leide.

Fotos: Jornal Acontece Botucatu