Carro fugindo do TOR capota em estrada vicinal

Um caso de perseguição que resultou em capotamento foi registrado pela Polícia Militar, através dos patrulheiros do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR). Tudo começou na base rodoviária de Pardinho no km 197 da SP-280 Rodovia Presidente Castello Branco, quando patrulheiros deram sinal de parada a um veículo Chevrolet Meriva, placas KXF-1014, de Avaré, para averiguação. Entretanto, o condutor desse veículo não respeitou a ordem de parada e fugiu em alta velocidade. Através do rádio, outras bases foram acionadas e constatado que o veículo estava com o licenciamento vendido.

No km 240 um bloqueio rodoviário foi montado para deter o veículo. Porém, o condutor ao perceber o cerco, virou o carro bruscamente e retornou pela contramão de direção. Para evitar uma colisão, os veículos que transitavam pela rodovia foram obrigados a sair da pista e entrar pelo acostamento.

No km 238+300, ainda em alta velocidade e na contramão de direção, o condutor entrou por uma estrada de terra, em uma plantação de cana de açúcar, mas perdeu o controle da direção do carro que capotou. Além do licenciamento atrasado, o carro não trazia os equipamentos de segurança obrigatórios e os pneus estavam desgastados (carecas).

O condutor que sofreu ferimentos leves e não teve o nome divulgado alegou que não respeitou a ordem de parada, por causa dos problemas do carro que usa para vender mercadorias do Paraguai e sabia que se fosse abordado perderia o veículo. Ele irá responder processo por infringir o artigo 311 do Código Nacional de Trânsito (direção perigosa).