Capotamento resulta em vítima fatal na Marechal Rondon

Fotos: Valéria Cuter

Ainda não foram, devidamente, esclarecidos os motivos que levaram o motorista Ricardo Alexandre dos Santos, de 37 de idade, a perder o controle do seu carro, um Fiat Tipo, placas BZN-2724, de Botucatu e capotar no km 262+900 metros, da SP-300 Rodovia Marechal Rondon, sentido Oeste, Município de Botucatu.

Consta que Ricardo Santos, trafegava com seu automóvel e perdeu o controle de direção vindo a capotar, por volta das 21h30 deste sábado (18). Arremessado com violência no asfalto há vários metros, o motorista teve morte instantânea. No local onde aconteceu o acidente, segundo dados da Polícia Militar Rodoviária, a pista estava em boas condições, com acostamento, seca e tempo bom. A vítima residia no Residencial Santa Maria I e trabalhava como serviços gerais.

Outra informação da Rodoviária revela que Ricardo Santos era inabilitado para dirigir, segundo apuração feita junto ao terminal da Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp) e estaria em alta velocidade quando o acidente aconteceu.

Pelo local compareceu a perícia técnica com o perito Carlos e o fotógrafo Manoel com a viatura de prefixo S-0664, funerária Prever com o motorista João e auxiliar Cláudio a qual ficou responsável pelo corpo da vítima encaminhando o mesmo para o Instituto Médico Legal (IML) de Botucatu/SP.

O acidente foi registrado no Plantão Permanente onde o delegado Geraldo Franco Pires confeccionou o Boletim de Ocorrência (BO) e encaminhou o caso para o setor investigativo da Central II de Polícia Judiciária. Ricardo Santos foi velado no necrotério do Cemitério Jardim, onde foi sepultado.