Capitão Raimundo do 12º BPM-I é promovido a major

Nos próximos dias, o ex-capitão Maurício José Raimundo que foi recém-promovido a major, estará deixando a Cidade de Botucatu para trabalhar em outro Batalhão que faz parte da área de Comando da Polícia Militar do Interior da 7ª Região (CPI-7), que tem sede em Sorocaba e responde por mais de 70 Cidades do interior paulista e é comandado pela tenente coronel Fátima Dutra. Ele, atualmente, prestava serviço no Setor Operacional do 12º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I).

O CPI-7 é responsável pelo planejamento, coordenação, apoio e fiscalização das ações operacionais de preservação da ordem pública no 7º BPM/I, sediado em Sorocaba; no 12º BPM/I, sediado em Botucatu; 22º BPM/I, em Itapetininga; 40º BPM/I, em Votorantim; 50º BPM/I, em Itu; 53º BPM/I, em Avaré; e 54º BPM/I, em Itapeva.

Depois de fazer o Curso de Mestrado em Ciências Policiais, Raimundo obteve sua nomeação e, como em Botucatu não existe vaga disponível para major, deverá ser transferido para outro Batalhão. “Pretendo ficar o mais próximo possível de Botucatu onde está minha família, preferivelmente, para o 53º BPM/I de Avaré, mas não sou eu quem escolhe. O comando faz uma avaliação e detecta onde falta um major e encaminha. O processo é esse”, frisou Raimundo.

Ele diz que como major a responsabilidade aumenta mais. “A função de um major é exercer um sub-comando de Batalhão ou ser coordenador de operações da área. Em Botucatu esses cargos estão preenchidos e vou para onde meu comando determinar. É um novo desafio na minha carreira militar. Mas um dia, se Deus quiser, voltarei a trabalhar em Botucatu”, disse o mais novo major da PM.