Cão da raça Labrador é encontrado morto e queimado

A Guarda Civil Municipal (GCM), com os agentes Odair e Lazarini, atenderam a um caso de maus tratos contra animal na tarde deste sábado (9). O caso aconteceu na região da Boa Vista e causou grande comoção nas redes sociais, onde grupos de proteção aos animais manifestaram seu repudio ao episódio.

Segundo consta no Boletim de Ocorrência (B.O.),  um cidadão de 37 anos de idade, teria matado um cão da raça Labrador com uma paulada na cabeça e logo em seguida, teria ateado fogo no animal.  Ainda segundo informações do BO, no momento em que os agentes chegaram no local encontraram o acusado em aparente estado de embriaguês e com marcas de mordidas pelo braço.

O acusado foi conduzido ao Plantão Policial e em sua versão alegou que havia um cachorro desconhecido brigando com o labrador  no quintal de sua casa. Ao tentar controlar a briga dos animais foi mordido pelo Labrador e neste momento, o golpeou fazendo com que o cão caísse desacordado. Depois disso, levou o animal para o quintal e ateou fogo junto a um sofá velho que se encontrava no local.

O caso foi apresentado `a autoridade policial e após prestar depoimento este cidadão foi liberado. O caso segue sob investigação e se condenado, o autor poderá responder pelo crime de maus tratos aos animais.