Canil da PM será implantado na Cidade nos próximos dias

“O canil da Polícia Militar começa a operar em Botucatu nos próximos dias”. Essa afirmativa é do comandante interino do 12º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM-I) major Marcelo Oliveira. Essa negociação com o governo do Estado teve início em dezembro de 2010 entre o prefeito João Cury Neto e o comandante geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo, coronel Álvaro Batista Camilo.

De acordo com o major do Batalhão, o emprego dos cães no policiamento já é realizado com êxito em várias corporações do Estado de São Paulo e vai atender as 13 cidades que fazem parte da área de comando do 12º BPM-I. “Eles chegam filhotes, quando então começam o treinamento e passam por um período de observação e amizade e depois de 18 meses estarão aprovados para o serviço policial”, disse Marcelo Oliveira.

Segundo o comandante do 12º BPM-I, esses animais são submetidos a rigorosos treinamentos. “Ao lado dos policiais militares, os cães recebem técnicas para ajudar no controle de distúrbios civis, farejo de entorpecentes, rebeliões, revistas em presídios, policiamento em favelas e locais de riscos entre outras tarefas que exigem muito dos animais” enumera Oliveira. “Como não poderia deixar de ser, eles têm êxito completo em todas as missões”, acrescenta o major.

Para o prefeito João Cury Neto, a criação da unidade contribuirá para elevar ainda mais o excelente serviço que já vem sendo prestado pela PM em Botucatu, sendo esta uma antiga reivindicação. “Teremos com o parceira nesse projeto a Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Unesp, que disponibilizará o local adequado para abrigar essa unidade”, disse o prefeito que também está trabalhando pela vinda de uma equipe de Cavalaria.

Major Oliveira lembra que uma equipe da PM foi enviada a São Paulo para freqüentar o curso de canil. “Nessa sua fase inicial o canil deverá contar com 02 cães, mas ainda não foi definida a quantidade de animais (cães, da raça pastor alemão) que, futuramente, serão disponibilizados para atuar em nossa região”, finaliza o comandante.