Caminhão desgovernado bate em três carros na Vital Brazil

A Polícia Militar, na tarde desta quinta feira(14-10), atendeu a um acidente de grandes proporções materiais ocorrido na Avenida Vital Brazil, bem em frente ao Chaillot Praza Hotel, envolvendo um caminhão carregado de areia e três carros de passeio, que estavam, regularmente, estacionados.

Consta que o caminhão Ford placas BSG-6960, de Itatinga, prestador de serviço ? Sabesp (terceirizado), com um carregamento de areia, desgovernou-se e bateu contra a lateral de um VW Gol placas BPP-8468, de Areiópolis.

Na sequência, o caminhão veio a bater contra um Renault placas EGH-5110, de Botucatu que foi arrastado por mais de 15 metros. O carro foi colhido na Avenida Vital Brazil e só parou na Rua Dr. Mário Soares, ficando, totalmente destruído. Antes de parar, o caminhão ainda atingiu a traseira de um Ford Montana, placas ENM-4399 de Botucatu.

O motorista do caminhão, José Roberto Luciano, de 42 anos de idade, revelou que não sabe o que, de fato, aconteceu. Conta que vinha trafegando normalmente quando o caminhão ficou desgovernado e ele não conseguiu evitar que batesse na lateral do Gol.

“Eu tentei desviar, mas o caminhão não obedeceu e depois de bater no Gol acabou arrastando o Renault e, por fim, bateu no Montana. Foi uma situação muito desagradável tudo isso”, salientou o motorista. “Felizmente os carros estavam estacionados e não havia passageiros em nenhum deles”, acrescentou.

A proprietária do Renault que ficou destruído, Beatriz Carmelo Figueroa, estava almoçando em um restaurante instalado naquela avenida e ouviu o barulho da batida, Ficou aturdida quando percebeu o que tinha acontecido com o seu carro.

“Foi assustador ver o carro naquele estado todo destruído. Quando ouvi o barulho não imaginei que o carro era o meu, pois estacionei na Vital Brazil e o caminhão estava numa rua paralela. Só então percebi que meu carro não estava no local onde estacionei e havia sido arrastado”, lembra a mulher.

A polícia militar coletou todos os dados e os carros foram guinchados. Nas próximas horas o delegado Marcelo Lanhoso de Lima, titular do 1º Distrito Policial (DP) deverá abrir inquérito policial e convocar as partes envolvidas nesse acidente para que cada qual dê sua versão ao caso.

Fotos: Valéria Cuter