Briga entre irmãos termina em lesão corporal dolosa

A Polícia Militar esteve durante a madrugada desta sexta-feira, no Pronto Socorro (PS) do Hospital das Clínicas (HC) de Rubião Junior para registrar a um caso de lesão corporal dolosa, gerada por uma desavença entre um pai de 43 anos, e seus dois filhos, com 26 e 22 anos, respectivamente. A pedido da vítima, os nomes dos envolvidos, assim como o endereço não serão divulgados.

De acordo com o que está descrito no Boletim de Ocorrência (BO) o irmão mais velho, que estaria sobre efeito de entorpecentes, passou a discutir com o pai, ameaçando-o de agressão. Na defesa do pai o irmão mais novo interveio e foi agredido com uma garrafada na cabeça, que lhe causou lesões graves.

Conduzido ao PS em risco de morte, a vítima foi atendida pela médica Marcela Craveiro que atestou a gravidade dos ferimentos, Após avaliar o caso determinou a internação do ferido para que seja acompanhado. Caso foi registrado no Plantão Permanente da Polícia Civil