Briga entre familiares termina em facadas no Continental

Atendendo solicitação feita via 199 o Grupo de Ações Preventivas Especiais (Gape) formado pelos agentes municipais Pichinin, Nogueira e Vaz se deslocou até a Rua José da Costa Carreira, no Jardim Continental onde segundo informações um senhor estaria agredindo duas senhoras com uma faca.

No local as mulheres alegaram que  o acusado de 59 anos chegou à residência exigindo da sobrinha de 27 anos um prato de comida, sendo que a mesma negou devido o horário e, por este motivo, o mesmo pegou uma faca e a ameaçou. A jovem tentou tirar a faca da mão do tio vindo a se ferir. A genitora da jovem chegou e tentou desarmar o irmão porem também se feriu.  Vizinhos ouviram o desentendimento e interferiram para evitar mal maior.

Quando a guarnição chegou ao local o tio já havia desaparecido e as características do mesmo foi informada via rede de radio e através de patrulhamento nas proximidades foi encontrado o tio que também estava com um ferimento na mão, sendo acionada uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência que compareceu ao local e conduziu o homem que estava com ferimento mais grave, ao Pronto Socorro (PS) do Hospital das Clínicas.

As mulheres, pós receberem o atendimento médico foram conduzidas ao Plantão Policial Permanente onde o delegado Marcelino Aparecido Ferreira após ouvir as partes e elaborou o Boletim de Ocorrência (BO) de natureza lesão corporal dolosa e fez a apreensão da fraca. Ninguém foi preso ou teve o nome divulgado.

 

Foto: Ilustrativa