Briga em bar termina em morte no Bairro da Mina

Um caso de assassinato foi registrado no final da tarde deste sábado (31) pelos policiais militares Daniele e Amarildo, no Bar da Néia, que fica na Rua Guido Gimenez, no Bairro da Mina, zona rural do Município de Botucatu, tendo como vítima o pescador João Carlos Jorge, de 45 anos de idade, natural de Ribeirão Claro.

Consta no Boletim de Ocorrência (BO), confeccionado pelo delegado Lourenço Talamonte Neto que João Carlos estava no interior do bar quando presenciou uma discussão entre Juliano Bento dos Santos (29 anos) com Evandro Cesar Raimundo (32 anos).

Essa discussão foi acalorada e ambos acabaram entrando em luta corporal. Evandro sacou de uma faca e desferiu um golpe contra Juliano atingindo seu queixo. Foi, então, que João Carlos entrou na briga para defender o amigo (Juliano) e acabou sendo golpeado com uma única facada no peito que atingiu seu coração. Ele caiu e morreu no local. Evandro fugiu correndo levando consigo a arma (faca) do crime.

Os socorristas do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) estiveram no local, mas nada puderam fazer por João Carlos. Entretanto, com ferimento no queixo, Juliano Santos foi conduzido ao Pronto Socorro (PS) da Unesp, onde recebeu atendimento médico, sendo, posteriormente, liberado.

Um dos moradores da Mina que estava nas proximidades do entrevero (pediu que seu nome fosse omitido da reportagem) disse que João Carlos não tinha nada a ver com a briga e acabou levando a pior por defender o amigo, “Ele tentou tirar a faca da mão do outro (Evandro), mas acabou levando uma facada no peito. A briga nem era com ele”, disse a testemunha.

Os policiais militares Daniele e Amarildo, efetuaram patrulhamento pelas imediações do crime, assim como na casa e nos locais onde Evandro Raimundo costuma frequentar, mas ele não foi localizado. O delegado Lourenço Talamonte Neto, salientou que, como trata-se de crime de autoria conhecida, a prisão é uma questão de tempo. Também compareceram ao local a Polícia Técnica Científica com os peritos Valdeci e Marcelo e o corpo da vítima foi retirado do local pela Funerária Prever.