Botucatuenses morrem em trágico acidente em rodovia

Indescritível. Foi a opinião de motoristas sobre o acidente que causou a morte instantânea de dois botucatuenses (pai e filho) no km 311 da SP-270 Rodovia Raposo Tavares, na manhã desta terça-feira, por volta das 9h30, município de Pirajú, quando um veículo de passeio ficou prensado entre duas carretas.

Os corpos só foram identificados horas depois do acidentes. São eles: Antônio Carlos Alves, de 53 anos e seu filho Carlos Antônio Souza Alves, de 33. Após o acidente a cena que se viu foi horripilante com destroços do veículo e fragmentos de órgãos humanos espalhados pela pista.

Segundo se apurou no local, o veículo Gol, da cidade de Botucatu, que trafegava sentido Piraju, ao ultrapassar uma carreta bi-trem, colidiu frontalmente em outra carreta, que trafegava no sentido contrário, com um carregamento de laje. Com o impacto, o veículo ainda colidiu na lateral da carreta que ultrapassava, ficando “prensado” entre os dois caminhões.

Edson Oliveira, condutor do caminhão que colidiu frontalmente, perdeu o controle do veículo, que cruzou a pista e após cair numa ribanceira, parou em um pasto. As lajes chegaram a amassar a cabine, porém o condutor nada sofreu. “O Gol surgiu de repente na minha frente e não deu tempo pra nada. A batida foi tão forte que meu caminhão se desgovernou e caiu num barranco. Foi uma coisa horrível”, lamentou o motorista.

O outro motorista envolvido no acidente parou seu caminhão quase 500 metros ? frente, pensando que o barulho que acabava de ouvir era de um pneu estourado. Ao descer do caminhão viu que no pára-lama, pneus e carrocerias, havia sangue.

Estiveram no local equipes do Corpo de Bombeiros, Departamento de Estrada de Rodagem (DER), Polícia Militar Rodoviária, Polícia Civil e Polícia Técnico Científica que fará um laudo pericial, com a finalidade de detectar os motivos que originaram o acidente. Até as 21 horas os corpos ainda não haviam chegado a Botucatu.

Fonte e fotos: Santa Cruz News
www.santacruznews.com.br