Botucatuenses acidentados no Espírito Santo são sepultados

Na manhã desta quinta-feira (14) os quatro botucatuenses de uma mesma família que sofreram um acidente automobilístico no km 330, da Rodovia Federal BR-101, próximo a entrada do trevo na altura de Amarelos, na Cidade Guarapari, no Espírito Santo, foram sepultados depois de serem velados na Rua Jaime Contessote, região da Vila Real, onde residiam.

São eles: os irmãos Regival e Reginaldo dos Santos (20 e 27 anos, respectivamente) e os primos José Carlos Souza (32) e Leandro Souza da Conceição (25) que estavam em um veículo Fiat Uno. Todos trabalhavam na área da Construção Civil. O acidente aconteceu na manhã de terça-feira (12), mas os corpos só foram liberados na tarde desta quarta-feira (13) e chegou a Botucatu no início da noite para o velório.

Segundo informou a família, os jovens passaram o carnaval em Cariacica e estavam retornando para São Paulo. Romildo Souza dos Santos que é irmão de dois jovens que morreram no acidente, vinha em outro carro um pouco mais ? frente ao dos irmãos na hora da batida.

Um dos ocupantes do Fiat Uno (José Carlos Souza) foi resgatado com vida das ferragens do veículo para ser conduzido a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), da região, mas acabou morrendo durante o trajeto. Foi o próprio Romildo que reconheceu os corpos dos parentes que foram encaminhados ao Departamento Médico Legal (DML) de Vitória.

A Polícia Militar Rodoviária daquele estado descreve que o motorista do carro teria invadido a contramão e batido de frente em uma carreta carregada com calcário, que tombou e parou em um pasto. A rodovia onde o acidente ocorreu é perigosa, porque a sinalização é ruim e há muito trânsito de pedestres.