Botucatu tem novo comandante do 12º Batalhão

Fotos: Valéria Cuter

“Não cheguei para mudar e sim para somar e ajudar”. Foi o comentário do tenente coronel Wagner Tardelli, que foi designado para comandar o 12º Batalhão de Polícia Militar de Botucatu. Ele se reuniu com oficiais na tarde de terça-feira (19) para colher as primeiras impressões sobre o Batalhão.

“Vamos dar sequência ao trabalho que vem sendo realizado, pois o índice da criminalidade é muito bom e Botucatu está entre as cidades mais seguras do Estado de São Paulo, trabalhando em sincronismo com a Polícia Civil e Guarda Civil Municipal (GCM) e isso teria continuidade. Posso dizer que me sinto orgulhoso em comandar esse Batalhão”, colocou Tardelli.

Nos próximos dias o novo comandante deverá fazer visitas para conhecer as autoridades do Município e das outras 12 cidades que fazem parte da área de comando do 12º BPM-I. “Já estive várias vezes em Botucatu, conheço boa parte dos policiais e vou procurar ajudar. Esse meu primeiro contato com Botucatu como comandante foi muito positivo”, assegurou.

Com a vinda de Wagner Tardelli, o então comandante interino, major Jorge Duarte Miguel, volta a trabalhar como subcomandante e o major Marcelo Oliveira que estava como subcomandante fica na Coordenação Operacional do Batalhão.

O novo comandante de Botucatu foi um dos sete oficiais do Grupamento de Radiopatrulha Aérea da Polícia Militar de São Paulo promovido. Ele era major e assumiu o posto de tenente coronel PM, por merecimento. Entrou na Polícia Militar em 1985, se formando na Academia Barro Blanco em 1987.

Entre 1988 a 1992 trabalhou na região de Osasco. Entrou para o Grupamento Aéreo como piloto em 1993 e permaneceu até 2006. Já em 2007 foi para o 40º Batalhão de Votorantim e em 2008 ao 7º Batalhão de Sorocaba. Em 2001 assumiu o comando da Base do Grupamento Aéreo, onde permaneceu até ser nomeado comandante do 12º Batalhão de Botucatu.