Botucatu foi castigada por grandes focos de incêndio na semana

 

2016-07-14-PHOTO-00000040

Botucatu viveu nesta semana momentos de muita apreensão em relação aos focos de incêndio. O estado de São Paulo como um todo vive um severo período de estiagem, o que facilita a propagação do fogo. Em grande parte das ações registradas, o incêndio teve início pela causa humana, ou seja, ação criminosa.

Segundo dados do Corpo de Bombeiros, a média de ocorrências registradas pelo telefone 193 em Botucatu passa das 100 ligações ao dia. Os Bombeiros orientam a população para evitar queimadas, fazer aceiros em áreas urbanas extensas e principalmente rurais, além de denunciar os incendiários.

Na última terça-feira, 12, diversas ocorrência simultâneas quase congestionaram as linhas do 193 no Corpo de Bombeiros. Em um dos casos, pequenos agricultores perderam toda a produção de café e cana de açúcar na Vila Antártica, como noticiado pelo Acontece Botucatu.

2016-07-14-PHOTO-00000042
Bombeiros evitaram que chamas atingissem 10.000 m³ de lenha no Califórnia

Os Bombeiros também registraram ações no Recando Azul, onde o as chamas eram intensas em uma área próxima à Marechal Rondon. Caminhões da Eucatex, Duratex Usina Barra Bonita e Secretaria Municipal de Obras deram apoio no combate aos diversos focos de incêndio.

No mesmo dia, terça-feira, dia 22, um grande incêndio no Bairro Califórnia, em Rubião Junior, quase destruiu uma grande área com madeira cortada. Os Bombeiros trabalharam por 4 horas no local, impedindo que as chamas chegassem na madeira que estava estocada, o que poderia causar uma tragédia.

“Os bombeiros atuaram de forma intensa por aproximadamente 4 horas para controlar um incêndio de grandes proporções, sendo elogiados pelos moradores. Nesse local, o incêndio atingiu cerca de 1.000 m³ de madeira que estava cortada e pronta para ser entregue e os bombeiros preservaram cerca de 10.000 m³ do mesmo material”, disse o Capitão Edson Winckler, comandante dos Bombeiros.

 

Fumaça que cobriu a cidade nesta sexta

IMG_7532Uma forte fumaça tomou conta de praticamente toda a extensão da cidade de Botucatu na manhã de sexta-feira, dia 15. O cheiro da queimada era sentido em qualquer ponto da cidade e complicou o dia das pessoas que possuem problemas respiratórios.

Uma enorme área localizada entre a Avenida Dante Delmanto e Rodovia Marechal Rondon (SP-300), em frente as fábricas Caio e Iriza foi atingida ainda durante a madrugada desta sexta, 15, por uma enorme queimada. O vento se encarregou de espalhar a fumaça para a cidade.

 

Bombeiros recebem uma média de 100 chamados por dia

Para melhorar as condições de atendimento, será aberto um processo licitatório para contratação de uma Brigada Municipal de Bombeiros. A ideia é colocar 2 profissionais por dia em 12 horas, durante 5 meses no auxílio ao combate de focos de incêndio dentro do município.

Também será aberto processo licitatório para aquisição de uma viatura Auto Tanque Florestal, traçada, 6×4, com capacidade 12.000 litros. O modelo é considerado ideal para combater incêndios em locais de difícil acesso. Os investimentos são na ordem de R$ 500 mil e serão pagos com recursos do Fumabom (Fundo Municipal de Manutenção do Corpo de Bombeiros de Botucatu).