Bombeiros realizam simulado de acidente na Moldmix

Na manhã desta quinta-feira um acidente simulado executado pela equipe do Corpo de Bombeiros de Botucatu, sob o comando do capitão Winckler, chamou a atenção dos moradores da Vila Maria, principalmente, os que residem nas proximidades da empresa metalúrgica Moldmix.

Com a autorização da direção da empresa os bombeiros realizaram esse simulado, tendo como tema um vazamento de produto químico, seguido de incêndio a veículo, com vítima intoxicada precisando de socorro urgente, com necessidade de evacuação dos trabalhadores.

O simulado tem início quando a alarme da base dos bombeiros é acionado, indicando um atendimento emergencial a um acidente. Imediatamente a equipe se dirige ao caminhão e é transportada ao local, em menor tempo possível. Para os bombeiros que estão se preparando para prestar socorro emergencial, cada minuto é valioso.

No local a equipe faz uma rápida avaliação da situação e se divide tendo como prioridade atender o funcionário que está intoxicado pela inalação do produto químico, enquanto outra equipe busca averiguar a gravidade do vazamento, procurando evacuar a empresa levando os funcionários a um local seguro. Paralelamente, é combatido o incêndio no veículo impedindo que o fogo se propague, evitando-se uma explosão.

Toda a ação dos policiais é cronometrada e o objetivo maior é chegar ao mais próximo possível de uma situação real. “A verdade é que a gente se empenha tanto e leva tão a sério, que ficamos concentrados na operação e, praticamente, esquecemos que estamos simulando uma situação. É como se tudo fosse real, mesmo”, observou o sargento Celestino.

Depois de fazer o encaminhamento do funcionário intoxicado ao hospital, apagar o fogo e evacuar o prédio, os bombeiros realizaram uma vistoria final na empresa para detectar se ainda existe algum vestígio de vazamento de produto químico ou fogo no veículo.

Essa ação de acidente simulado feita pelo Corpo de Bombeiros é um treinamento realizado periodicamente que objetiva dar mobilidade e agilidade aos policiais para uma situação real. Também os simulados são feitos em acidentes de carro com vítimas presas ? s ferragens, salvamente aquático, incêndio em casas e edifícios, evacuação de edifícios, entre muitos outros.

O simulado contou com a efetiva participação da Brigada de Incêndio da Moldmix, assim como o Serviço Especializado de Segurança do Trabalho da empresa, que estiveram atuando ao lado dos policiais, mostrando que estão capacitados e preparados para atuar numa situação real.

Fotos e vídeo: David Devidé