Bombeiros realiza campanha para diminuição de quedas

Tendo em vista ter sido verificado em estatísticas uma constante incidência de quedas da própria altura nas ruas comerciais, o Corpo de Bombeiros de Botucatu, está desenvolvendo uma campanha para divulgar orientações sobre as causas mais comuns das quedas com o objetivo de prevenir esse tipo de acidente, que pode gerar traumas diversos e incapacitar a pessoa por um período longo de suas tarefas diárias.

De acordo com o comandante do Grupamento dos Bombeiros de Botucatu, tenente Edson Winckler Filho (foto), foi verificada uma incidência maior de quedas no interior de lojas e acessos, bem como de pessoas idosas em suas residências, motivo pelo qual estão sendo passadas algumas orientações focadas nesses pontos.

Os acessos devem permitir o escoamento fácil de todos os ocupantes da edificação; permanecer desobstruídos em todos os pavimentos; ser sinalizados e iluminados (iluminação de emergência de balizamento) com indicação clara do sentido da saída, de acordo com o estabelecido na IT 18/11 (Iluminação de Emergência) e na IT 20/11 (Sinalização de Emergência); e os acessos devem permanecer livres de quaisquer obstáculos, tais como móveis, divisórias móveis, locais para exposição de mercadorias e outros, de forma permanente, mesmo quando o prédio esteja supostamente fora de uso”enumera o comandante.

Winckler também realça que a campanha visa proporcionar condições de melhoria para os clientes com elementos antiderrapantes junto ao solo; condições de estabilidade com melhor posicionamento de corrimãos em escadas e rampas; melhores condições de sinalização para locais com graus de dificuldade variados em locais de passagem publica através de sinalização do tipo “atenção, solo em desnível”.

“Também é importante a verificação constante das condições de segurança da casa e o morador não deve hesitar em fazer consertos e melhorias, como corrimão em todas as escadas; fita antiderrapante na beirada de cada degrau da escada; barra de segurança no boxe do banheiro; grade de proteção no alto da escada, se houver crianças em casa; piso antiderrapante na cozinha, no banheiro e nas áreas de serviço; iluminação adequada em banheiros, escadas, acesso a garagem, etc.; tacos e carpetes bem colados no piso”, disse o comandante dos Bombeiros.

Também é recomendado, segue o comandante, tapete de borracha antiderrapante no boxe do banheiro. “O piso e o tapete devem ser esfregados freqüentemente, pois o acúmulo de resíduos pode torná-los escorregadios e não deixe (tapetes) soltos nas escadas, assim como reservar acomodações (camas, cadeiras) sólidas e seguras para as pessoas idosas”, explica Winckler. “A barra de segurança no boxe do banheiro, por exemplo, é fundamental para elas, pois a recuperação de fraturas ósseas é muito mais difícil para pessoas de idade avançada”, alerta, enfocando que as edificações deverão ser regularizadas pelo Corpo de Bombeiros para obterem o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB).