Assaltantes fazem dois reféns para roubar máquina agrícola

Um caso de roubo ? mão armada com tomada de reféns foi registrado pelos policiais militares cabo Scorsi e soldado De Lima, na noite desta terça-feira (12), por volta das 22 horas, tendo como vítima dois trabalhadores rurais da Fazenda Santa Terezinha, zona rural do Município de Bofete.

Consta no Boletim de Ocorrência (BO) confeccionado no Plantão Permanente de Botucatu pelo delegado Francisco José Zalla Catojo
que por volta das 18 horas, três indivíduos encapuzados, sendo que dois estavam armados de revólver renderam dois trabalhadores (Marcos J.C. e Sebastião Q.N.) que estavam em uma área da fazenda trabalhando com uma máquina retro-escavadeira hidráulica (esteira) marca Volvo, modelo EC210B, ano 2007, cor amarela/cinza e anunciaram o assalto.

Os dois foram obrigados a entrar em um veículo VW Gol, de cor prata (placas não anotadas) dos marginais, onde ficaram mantidos como reféns até ? s 21h30, sendo liberados. Enquanto eles eram mantidos no veículo sob a vigilância de um dos marginais, os outros membros da quadrilha levaram a máquina que estava sendo usada.

Quando os marginais liberaram os reféns, a Polícia Militar foi acionada e realizou buscas nos arredores da fazenda para colher pistas que levassem aos assaltantes, mas eles não foram localizados e o caso foi encaminhado ? equipe especializada da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), onde outros casos de roubos a máquinas agrícolas estão sendo investigados.

De acordo com o delegado Lourenço Talamonte Neto (foto), que responde pela Delegacia de Bofete, não foi detectado a maneira como os marginais levaram a máquina. “Eles mantiveram os trabalhadores como reféns e somente depois que a máquina estava em um local distante da fazenda eles foram liberados. Geralmente, este tipo de crime é feito por encomenda e o produto é vendido no Nordeste do País a um preço muito abaixo do mercado”, disse o delegado.