Assaltante morre em confronto com a PM na Vila Sônia

Na noite de sábado, por volta das 23 horas, um assaltante foi morto a tiros pela Polícia Militar, na Rua Comendador Miguel Losso, nº 331, região da Vila Sônia, que é considerado bairro da classe média alta de Botucatu.

De acordo com o depoimento prestado pelo policial militar cabo Carlos Nepomuceno, ele havia se deslocado até esta casa que pertence a um amigo, de nome Danilo, para dormir na residência. No interior da casa deparou-se com dois elementos desconhecidos.

Ao perceber a chegada do policial, os marginais sacaram de suas armas e dispararam contra o cabo da polícia. O PM revidou e conseguiu balear os dois meliantes. Um deles, ferido mortalmente, veio a falecer no local. O outro, mesmo ferido a bala, conseguiu fugir e está sendo procurado.

O marginal baleado e morto foi identificado como sendo Jorge Ricardo Mariano, de 33 anos de idade, que era bastante conhecido nos meios policiais, com uma ficha extensa, principalmente por infringir os artigos 155 (furto) e 157 (roubo).

Também esteve no local a viatura com a PM Ângela e o soldado Forner. Foram eles que acompanharam Nepomuceno ao Plantão Permanente, onde prestou depoimento ? delegada Simone Alves Firmino Sampaio, responsável pela lavratura do BO – Boletim de Ocorrência.

No local foi apreendido pela PM um revólver calibre 32, contendo três munições picotadas, marca Shimth Wilson, um telefone celular e uma blusa de moleton azul, com listras brancas que estava de posse do indiciado. O revólver do PM, um Taurus calibre 38, também foi apreendido para averiguação de praxe.