Assaltante mordedor de mão é preso pela PM

Morder a mão de suas vítimas. Esse era uma particularidade inusitada de um rapaz chamado Wellington Joaquim, de 22 anos de idade, preso na noite desta quinta-feira (3) numa operação dos policiais militares sargento Tocchio, cabo Gonzaga e soldado Macoris, na Rua Curuzu, logo depois de cometer um roubo contra uma adolescente de 16 anos de idade no ponto de ônibus na Rua João Passos, região central da Cidade, nas proximidades da Câmara Municipal.

Levantamento feito pela PM revela que esse rapaz, quando adolescente, cumpriu pena na Fundação do Centro de Atendimento Socieducativo ao Adolescente (CASA), por tráfico de entorpecentes, é o principal suspeito de ter cometido outros roubos a telefones celulares contra transeuntes em pontos diferentes do centro da  Cidade. A maneira de agir é semelhante. Ele se aproxima, anuncia o assalto simulando estar com uma arma sob a camisa e antes de fugir morde a mão de sua vítima.

No Boletim de Ocorrência (BO) elaborado pelo delegado Marcelo Lanhoso de Lima no Plantão Permanente está descrito que ele assumiu pelo menos três crimes com essas características: um na Rua Amando de Barros, próximo a Escola Pedro Torres; um na Rangel Pestana; e um na Rua João Passos. Entretanto, a polícia acredita que ele possa estar envolvido em outros crimes desta natureza e troca os celulares roubados com entorpecentes.