Animais que sofriam maus tratos acabam resgatados

Agentes da Guarda Civil Municipal (GCM), inspetora Cíntia e agente Prado, estiveram em um terreno no km 247 da Rodovia Marechal Rondon para checar uma informação que chegou ? Base informando que no local havia um cavalo atolado.

Os agentes constataram que além do animal atolado, haviam mais três cavalos soltos no pasto e, de acordo com testemunhas, foram deixados no terreno há cerca de 15 dias e estavam sem água, sem comida e desnutridos.

Compareceram no local o Corpo de Bombeiros, Polícia Militar (PM) e o Setor de Zoonoses da Prefeitura Municipal para retirada dos animais fazendo o encaminhamento a um local mais adequado para serem tratados por veterinários. Eram dois cavalos e duas éguas pampas.

Apontou os GCMs que o terreno e os animais estavam sob a guarda de uma mulher e as duas éguas teriam sido deixadas no local pelo seu filho. O fato foi encaminhado a 1ª Central de Polícia Judiciária, onde o delegado Marcelo Lanhoso de Lima, após tomar ciência do caso, elaborou o Boletim de Ocorrência (BO) por crime de maus tratos a animais (artigo 32 do Código Penal) para apurar responsabilidades.