Ambiental de Botucatu apreende armas em Conchas

Atendendo a uma denúncia anônima de caça ilegal de aves e animais silvestres a Polícia Militar Ambiental de Botucatu com os cabos Magorbo e Viotto e soldado Campos realizou uma operação em um sítio na Estrada do Morro Azul, zona rural do Município de Conchas.

Os policiais chegaram ao local e fizeram a apreensão de uma espingarda calibre 32, sem marca aparente, e uma espingarda do mesmo calibre de fabricação caseira, além de 500 gramas de pólvora e chumbo para recarregar cartuchos, um revólver calibre 32 e cinco projéteis.

No local dois homens foram indiciados e acabaram conduzidos ao Distrito Policial daquela cidade onde prestaram depoimento ao delegado Nelson Burin Neto e foram aonde foi arbitrado fiança no valor de R$ 800,00 a cada um dos envolvidos além da apreensão das armas e munições. A fiança não foi paga e o delegado determinou a recolha dos indiciados a cadeia pública aonde ficarão a disposição da justiça.

Comandada pelo tenente Gustavo Henrique do Nascimento a regional  da Polícia Ambiental de Botucatu atende a 26 municípios da região, agregando uma população estimada em 500 mil habitantes. Também está dentro da área de comando da Ambiental de Botucatu as três maiores represas do Estado de São Paulo: Barra Bonita, Chavantes e Jurumirim.

O território também tem números significativos, alcançando 15 mil quilômetros quadrados de área terrestre, 1.000 quilômetros quadrados de rios e 1.500 quilômetros quadrados de represas, atendendo a uma média 100 denúncias de crimes contra a natureza por dia.