Agentes flagram caso de maus tratos contra animal

Atendendo solicitação de apoio da Vigilância Ambiental em Saúde (VAS), a equipe do Grupo de Patrulhamento Ambiental (GPA) formada pelos guardas civis municipais Rodrigues e Amâncio se deslocou até a Avenida Milton Aparecido de Oliveira, no Jardim Santa Eliza, para averiguar a um caso de denúncia de maus tratos contra animal.

Ao chegarem ao local os agentes constataram que havia um cavalo caído em um terreno baldio bastante debilitado e com sinais de gripe equina. O proprietário foi localizado e informou que havia comprado o animal há pouco tempo e que “na data da compra o animal estava com a saúde pior do que agora”.

Também foi localizado o proprietário anterior, que já possui histórico de maus tratos a animais. Este informou que “vendeu o animal a cerca de três meses e que na época a saúde do animal estava perfeita”.

Diante das contradições apresentadas pelos dois averiguados, o caso foi conduzido ? 1ª Central de Policia Judiciária onde o delegado Marcos Sagin Campos elaborou o Boletim de Ocorrência (BO) de natureza “praticar ato de abuso a animais”, sendo os dois homens liberados, após orientação. O animal foi recolhido ao Centro de Zoonoses para avaliação.