Adolescentes em motocicleta causam grave acidente

Fotos: Valéria Cuter

A irresponsabilidade de dois adolescentes de 16 e 17 anos de idade, respectivamente (Felipe e Rafael), por muito pouco não resulta em um acidente de graves proporções no cruzamento de vias na região do Jardim Cristina. O acidente levou ao local viaturas da Polícia Militar (PM), ambulância do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), assim como as viaturas de resgate do Corpo de Bombeiros e a da Polícia Técnica Científica.

Aponta o Boletim de Ocorrência (BO) que os dois menores trafegavam pela Rua Maria Nazareth Roseiro e ao chegar ao cruzamento com a Rua Professor Adolfo Pinheiro Machado, no bairro Jardim Cristina, o condutor da motocicleta Bis placas MGN-7646, de Botucatu, não respeitou a placa de pare passando em alta velocidade. Na outra via trafegava a caminhonete S-10, placas DDF-9268, também de Botucatu, conduzida por uma mulher chamada Luciana A.S., que trazia suas duas filhas menores como passageiras.

Para não bater na moto a condutora da caminhonete tentou se desviar, mas bateu contra uma árvore e suas ocupantes sofreram ferimentos leves. Já os dois adolescentes foram arremessados com violência contra o asfalto, sofrendo ferimentos graves. A motocicleta ainda bateu lateralmente na caminhonete. As cinco vítimas foram conduzidas ao Pronto Socorro (PS) do Hospital das Clínicas (HC) de Rubião Júnior, para serem medicadas.

No levantamento feito nos veículos que se envolveram nesse acidente os policiais militares cabo Cláudio e soldado Almeida constataram que a caminhonete S-10 estava, devidamente, regularizada, porém a motocicleta constava como produto de furto ocorrido um dia antes e a proprietária esteve no local fazendo o reconhecimento do veículo. O acidente foi registrado na 2ª Central de Polícia Judiciária que vai instaurar inquérito para apurar o caso.