Adolescente que caiu em cachoeira de Botucatu tem alta de hospital

 

cahoeira_bot_1
(Foto: Guilherme Azevedo/ TV TEM)

A adolescente de 16 anos que caiu de uma ribanceira de sete metros na Cachoeira da Canela em Botucatu teve alta nesta segunda-feira (10) depois de passar por exames, segundo a assessoria do Hospital das Clínicas. Segundo o Corpo de Bombeiros, ela estava com um grupo de amigos quando escorregou.

Durante o socorro, a vítima apresentou escoriações, uma forte dor no tornozelo e sentia dificuldade para respirar, mas estava consciente e orientada, informou os bombeiros. O Corpo de Bombeiros teve dificuldade para acessar o local onde ela caiu. 

Uma equipe da corporação trabalhou durante a noite para resgatar a jovem. O sargento dos bombeiros Claudemir Celestino disse que o local é perigoso. “É uma trilha com bastante acidente, cheia de pedras, buracos, barrancos e a inclinação, que era bastante acentuada, isso dificultou a retirada da vítima. Enquanto ela se deslocava ainda para a cachoeira, faltando uns oito metros para chegar onde ela desejava, ela escorregou, tropeçou e desceu rolando”, informou o sargento.

A cachoeira fica atrás de um conjunto habitacional conhecido como Convívio e só é possível chegar por meio de trilhas. Após caminharem cerca de 4 km até o local, os bombeiros resgataram a adolescente por volta das 21 horas. “Ela tinha apenas algumas escoriações, tinha uma forte dor no tornozelo direito e sentia dificuldade para respirar”, diz Claudemir.

O sargento dos bombeiros orienta as pessoas que querem conhecer as cachoeiras na cidade a contratar um guia. “Você tem que conhecer muito bem o lugar onde você está indo. Seria ideal procurar agências de ecoturismo, que existem em Botucatu, e ir com um guia. Se você for na cachoeira, tem que deixar alguém avisado o horário que você pretende entrar na trilha, o horário que pretende retornar. Sempre manter o contato com alguém aqui na cidade”.

Fonte: G1