Adolescente grávida é detida com 42 pedras de crack

Durante o patrulhamento preventivo/ostensivo pela Rua Eugênio Lourenção, no Jardim Peabiru, a Força Tática da Polícia Militar (PM) realizou a um flagrante de crime de tráfico de entorpecentes envolvendo uma adolescente de 17 anos de idade que está em seu 6º mês de gestação.

Os policiais flagraram a garota em estado de traficância e na abordagem ela confessou o crime e entregou 14 pedras de crack embaladas, individualmente, para venda a usuários que estavam escondidas em seu sutiã. Ela também acabou entregando outras 24 pedras prontas para a venda e uma pedra bruta que dariam para mais 60 porções, que mantinha guardado em sua casa na Rua José Torres Filho.

A menina, juntamente com sua mãe (que alegou não saber que a filha praticava o tráfico), foi conduzida ao Plantão Permanente onde o delegado Marcelino Aparecido Ferreira confeccionou o Boletim de Ocorrência (BO) determinando o recolhimento da adolescente ? Cadeia Pública de Itatinga. Nas próximas horas deverá ser internada em uma Fundação do Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente (CASA).