Acusado de tentativa de homicídio será levado a julgamento

O réu Tiago Luiz Camargo, vai tentar convencer o Corpo de Jurados de que não atentou contra vida de Juliano Garcia, em um processo que se arrasta na Justiça desde 2003 e só agora será levado a julgamento.

Consta no processo que o crime ocorreu no início da madrugada do dia 20 de dezembro, nas proximidades de um bar na Rua Ângelo Simonetti, região do Jardim Continental. Na ocasião o tio do réu teria reconhecido e acusado Garcia de ter cometido um furto e depois retirado a acusação.

Entretanto, ele não gostou de ter sido apontado como criminoso e passaram a discutir. Tiago Camargo entrou na discussão e acabou desferindo uma facada contra Garcia, causando-lhe lesões que por pouco não o levaram ? morte.

O trabalho do júri será presidido pelo juiz Marcus Vinícius Bachiega, tendo como representante do Ministério Público, o promotor de Justiça, Marcus José de Freitas Corvino (foto). Sete pessoas (entre homens e mulheres) serão sorteadas entre 25 convocadas para definir o destino do réu.