12º BPM comemora 43 anos de atividades em grande estilo

O Comandante do 12º Batalhão de Policia Militar do Interior (BPM-I), tenente coronel José Aparecido Godoy Siqueira, tem a honra de convidar toda a população a prestigiar a solenidade comemorativa ao 43º Aniversário da Unidade. O evento acontecerá no dia 26 de abril, a partir das 10 horas na Rua General Júlio Marcondes Salgado 414, defronte ao Quartel PM.

A solenidade cívico-militar contou com a presença das autoridades civis e militares de Botucatu e região. Haverá também, homenagens aos policiais militares que se destacaram por suas funções desempenhadas com sucesso. Serão entregues Láureas de Mérito Pessoal, Medalhas de Valor Militar e Premiação de Policial do Mês de Março.

Conforme estabelece o Cerimonial Militar, o Pavilhão Nacional foi recebido e reverenciado pela tropa formada e por todos os presentes, antes de incorporar-se ao dispositivo, num sinal de respeito ao símbolo máximo da Nação Brasileira.

A escolta da Bandeira marcha sob a execução da Alvorada de “Lo Schiavo” do Maestro Carlos Gomes; da “Canção do Expedicionário”, cuja letra é de Guilherme de Almeida e música de Spartaco Rossi e do “Hino ? Bandeira”, com letra de Olavo Bilac e música de Francisco Braga. Neste ato, o Pavilhão Nacional foi conduzido pelo tenente Everaldo Carlos da Silva; a Bandeira Paulista, pelo tenente Leonardo Bruno Rodrigues e o estandarte da Unidade pelo tenente PM Fernando Cesar Camargo.

Dando início ? solenidade em comemoração ao aniversário do Décimo Segundo Batalhão de Policia Militar do Interior, o comandante a tropa formada, capitão Aleksander Toaldo Lacerda, apresentou a tropa formada ao coronel Cesar Augusto Luciano Franco Morelli.

{bimg:22172:alt=interna1:bimg}

{n}{tam:25px}Policial do Mês{/n}{/tam}

Dando sequência ? solenidade, o cabo Moraes (Marivaldo Leme), foi chamado para receber o diploma do Policial do Mês de março. Esta é uma homenagem da Polícia Militar que procura motivar e enaltecer o policial militar que se destacou pelos méritos e qualidade de seus serviços.

Moraes se destacou na noite do dia 6 de fevereiro de 2011, durante patrulhamento, ao verificar a ocorrência de alarme disparado em instituição bancaria, abordou dois indivíduos no interior da agencia, local destinado aos caixas eletrônicos e constatou que dois dos caixas haviam sido arrombados.

Os marginais foram presos, sendo localizado no interior de uma bolsa cento e onze mil trezentos e quatorze reais, furtados além de ferramentas usadas para o arrombamento e próximo ao prédio um veiculo de emplacamento da cidade de Osasco, onde foram encontrados dois celulares.

{bimg:22173:alt=interna2:bimg}

{n}{tam:25px}Policiais militares promovidos{/n}{/tam}

Vários policiais militares do 12º BPM-I foram promovidos e tiveram os nomes divulgados no Diário Oficial do Estado (DOE), nº 75 de 21 abril de 2011. São eles: cabo Fernando Matos Rosa, cabo Flávio Broto, 1º sargento Clodoaldo Francisco e 1º sargento Alfredo Carlos Somadossi.

{bimg:22174:alt=interna3:bimg}

{n}{tam:25px}Láurea de Mérito Pessoal{/n}{/tam}

A Láurea do Mérito Pessoal foi instituída na Polícia Militar do Estado de São Paulo em 1974, como homenagem e reconhecimento ao seu público interno, objetiva distinguir policiais militares que, por seus méritos pessoais se sobressaiam no cumprimento do dever. É conferida em 5 graus, em ordem decrescente, sendo 5º grau em bronze no couro preto, 4º grau em prata e couro preto, 3º grau prata em couro vermelho, 2º grau em ouro e couro vermelho e 1º grau nas cores no estado sobreposto ao couro branco.

{n}Láurea de Mérito pessoal em 5º grau{/n} – soldados Luiz Antônio da Silva; Silvia Alves de Oliveira Martonelli e Sidney Saviano.

{n}Láurea de Mérito pessoal em 4º grau{/n} – sargento Carlos Adriano Arruda; cabos Edson Moura Machado e Carlos Alberto Paulino e soldados José Márcio Mariano, Antônio Carlos de Moura Machado, Romualdo Ocampos, Roseli Aparecida de Paula Machado, Alexandre Forner e Marcos Daniel Moreno Coelho.

{n}Láurea de Mérito pessoal em 3º grau{/n} – cabo José Eduardo Ribeiro Costa e soldados Renato Fernando Tibúrcio, Benedito Machado Rocha, Carlos Roberto Benedito, Rafael de Bianchi, Daniel Aparecido Nespeque e Robson Pontes Tavares.

{n}Láurea de Mérito Pessoal em 1º grau{/n} – Sargento Marcos Roberto Leonardo

{bimg:22175:alt=interna4:bimg}

{n}{tam:25px}Medalha de Valor Militar{/n}{/tam}

A medalha “Valor Militar”, instituída pela Lei Estadual nº 2248 de 14 de agosto de 1953 é conferida em grau bronze, grau prata e grau ouro, aos policiais militares que contarem, respectivamente, com mais de dez, vinte ou trinta anos de serviço e patenteia o reconhecimento do Estado pelos bons serviços por eles prestados, com lealdade, constância e valo.

Entende-se por bons serviços um conjunto de ações praticadas durante os períodos de efetivo serviço na corporação, que torne o policial militar merecedor do reconhecimento do Estado.

{n}Em grau Prata{/n} – major Marcelo Amaral Oliveira e tenente José Alves Ribeiro

{n}Em grau Ouro{/n} – tenente coronel Jose Aparecido Godoy Siqueira

{bimg:22176:alt=interna5:bimg}

{n}{tam:25px}Galeria dos comandantes{/n}{/tam}

Um momento muito especial nesse evento da PM foi o cerimonial de inauguração de retratos na galeria de comandantes do 12 º BPM/I. O tenente coronel César Francisco Toma teve sua foto colocada na galeria. A existência de galerias de retratos de comandantes é uma tradição policial militar, que reverencia a figura dos comandantes ao longo da história da organização.

Toma ao longo de sua carreira trabalhou em diversas unidades da Polícia Militar e em 15 de dezembro de 2009, foi promovido ao posto de tenente coronel, sendo classificado como comandante do 12º BPM/I, em 07 de janeiro de 2010 permanecendo nesta unidade até 25 de setembro de 2010, data em foi transferido para o comando do 50º BPM/I, na cidade de Itu.

{bimg:22177:alt=interna6:bimg}

{n}Fotos: Valéria Cuter{/n}