“Operação Carnaval” será deflagrada nas rodovias

Começa na primeira hora desta sexta-feira (28) e se encerra ? s 12 horas de quarta-feira (dia 5 de março), nas rodovias paulistas a Operação Carnaval 2011. Durante esse período, a Polícia Militar Rodoviária estará usando todo seu contingente operacional e administrativo em diferentes pontos das estradas. Na região de Botucatu a fiscalização maior será dada ? s duas principais rodovias: SP-300 Marechal Rondon e SP-280 Presidente Castello Branco. Também será dada atenção para a João Melão (SP-255) e Geraldo Pereira de Barros (SP-191).

Segundo o tenente Ricardo Maganha, de uma maneira geral, a fiscalização nas estradas durante o carnaval será rígida com os motoristas que estiverem dirigindo em velocidade acima do permitido ou sob a influência de álcool e outras substâncias entorpecentes. “Como sempre fazemos nessas operações, os patrulheiros estarão espalhados em pontos estratégicos das rodovias munidos com bafômetros e radares eletrônicos”, alerta.

Lembra o oficial que a multa para quem for flagrado dirigindo alcoolizado é de R$ 957,00 mais a retenção do veículo e a suspensão do direito de dirigir por um ano. Com isso, policiais rodoviários esperam reduzir o número de acidentes nas rodovias paulistas. “Como as estradas de nossa região dão acesso a diferentes pontos do País, estaremos atentos com relação ao tráfico de entorpecentes, contrabando e armas”, disse o oficial rodoviário.

Detalhe importante citado pelo tenente da PM será a fiscalização de veículos, com relação ao uso obrigatório da cadeirinha para o transporte de crianças, que está vigorando desde 1º de setembro de 2010, obedecendo a resolução nº 277 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Também é recomendado que a família planeje sua viagem definindo o roteiro, anote telefones de emergência, a localização das bases da Polícia Rodoviária e os pontos de apoios localizados nas rodovias.

“Deve ser feito uma revisão geral do veículo, com atenção especial aos freios, sistema elétrico, equipamentos obrigatórios e a documentação de porte obrigatório”, enumera Maganha. “Outro alerta que damos é que bebida alcoólica e drogas não combinam com direção segura, assim como não é indicado iniciar a viagem logo após uma refeição completa”, acrescenta o oficial.