“Ciganas” são suspeitas de furto no centro de Botucatu

A Polícia Civil de Botucatu, através da 1ª Central de Polícia Judiciária, está investigando um caso de furto ocorrido na manhã desta segunda-feira, 16, na rua Amando de Barros, região central de Botucatu. Segundo consta, uma mulher caminhava pela rua, quando foi abordada por três mulheres, que se apresentaram como ciganas e iriam ler a sorte da mulher.

Enquanto uma das ciganas segurava a mão e, supostamente, lia a sorte da vítima, outra cigana teria se aproveitado da distração para furtar a carteira de dentro da bolsa da mulher, que não teve o nome revelado. A vítima percebeu o furto e acionou a Polícia Militar, que fez a detenção das suspeitas, porém, a carteira da vítima não foi encontrada. Sendo assim, as ciganas foram liberadas, mas estão sob investigação policial.

Que sirva de alerta as pessoas que transitam pela área comercial da cidade para que não deem atenção às pessoas desconhecidas, principalmente com a promessa de “ler a sorte”, pois, muitos bandidos usam essa tática para a pratica de furtos e outros tipos de golpes. Segundo consta há um acampamento de ciganos na área do Pátio Oito, formado por pessoas de fora da cidade que ficam acampadas por algum tempo, depois mudam para outra região do estado.

(Imagem ilustrativa)